INPI concede marcas coletivas para vinhos catarinenses ACAVITIS

INPI concede marcas coletivas para vinhos gaúchos e catarinenses

Publicado por: CGCOM INPI
Terça-feira, 23 de Julho de 2013 10:57 Imprimir PDF 
Com assessoria do SEBRAE SC e da empresa ANTONINI MARCAS e PATENTES, O  INPI oficializou nesta terça-feira, 23 de julho, o registro de marcas coletivas para o Consórcio de Produtores de Espumantes de Garibaldi (CPEG) e para a Associação Catarinense dos Produtores de Vinhos Finos de Altitude (ACAVITIS). Ambos apresentaram o regulamento de utilização contendo as condições e proibições de uso das marcas.

A marca de Garibaldi protege, especificamente, vinhos e bebidas alcoólicas, enquanto a catarinense está relacionada à assessoria, consultoria e informação sobre o vinho e suas características.

Vale lembrar que a marca coletiva é capaz de agregar valor não somente ao produto ou serviço mas, sobretudo, aos membros da coletividade titular do registro. É uma das opções para associações que buscam proteção de seus produtos: a outra é a Indicação Geográfica, com suas duas variações (Indicação de Procedência e Denominação de Origem).

Garibaldi produz espumantes desde o início do século XX e, no início da década de 1980, mais de 90% dos espumantes produzidos no Brasil vinham deste município do Rio Grande do Sul. Criar o CPEG foi uma alternativa para reunir as vinícolas em torno de uma marca em comum e, assim, buscar  maior competitividade no mercado.

Em Santa Catarina, os vinhedos localizados entre 900 e 1400 metros acima do nível do mar produzem uvas que são utilizadas na elaboração dos vinhos finos de altitude. A ACAVITIS agrega dezenas de vinícolas e representa cerca de 300 hectares de vinhedos plantados. O objetivo é reunir associados que zelem pelo alto padrão de qualidade na produção dos vinhos de altitude.

 

Rua Anita Garibaldi, 79 - Edif. Centro Executivo Miguel Daux sala 1003 Centro 88010-500 Florianópolis
Tel.: 48 3224 2148 Fax.: 48 3224 2148 antonini@antonini.srv.br
Desenvolvido por Alquimidia - Design By Tálita Bitencourt